Notícias

Notícia

5 Tendências de Marketing no Varejo para 2020

1 – Utilização de dispositivos móveis

Segundo um estudo divulgado pela Cisco (Visual Networking Index (VNI) Global Mobile Data Traffic Forecast), em 2020 haverá 5,5 bilhões de usuários móveis, o que representa 70% da população mundial. Se você ainda não usa a tecnologia para vender, está mais do que na hora de começar a usar. Saiba como os dispositivos móveis podem fazer a diferença na hora da venda. O primeiro passo é ter um site responsivo, nada mais é, que oferecer ao consumidor um ambiente amigável independentemente do dispositivo que ele utilizar.

Para garantir que tudo funcione perfeitamente, veja essas dicas:

Não use imagens muito pesadas, a lentidão no carregamento atrapalha a experiência do consumidor;

Certifique-se de que consiga oferecer ao usuário soluções que agilizem a compra, como o checkout inteligente, que dispensa o uso de senhas e consegue orientar o cliente no preenchimento dos dados;

Tenha sempre um portal de atendimento, sendo online ou não, caso o usuário tenha algum problema ao efetuar a compra.Lembre-se: o mundo é mobile, e sua empresa também precisa ser.

2 – Inteligência Artificial

Se você acha que a inteligência artificial é algo futuro, você está muito enganado. A inteligência artificial já é realidade, e digo mais, seu concorrente pode estar utilizando. A forma mais utilizada hoje são os Chatbots, ele auxilia as empresas a manter um serviço de atendimento ao cliente sem a necessidade de investir horrores em um setor de atendimento.

Os Chatbots são mais rápidos para responder qualquer tipo de pergunta comum do usuário, do que o ser humano. São integrados em websites e em aplicativos de mensagem como o Facebook Messenger, que é o mais utilizado hoje no marketing digital.

As suas habilidades serão melhoradas á medida que aumenta o desenvolvimento de tecnologias de inteligência artificial. Ele será cada vez mais utilizado para fechar negócios online, realizar vendas e tarefas como pedir um táxi, fazer uma reserva ou agendar uma consulta com seu dentista.

3 – Criação de Vídeos

Os vídeos são os maiores responsáveis pelo tráfego na internet em 2019 até 2020. Os usuários ficam entediados facilmente, e com a ajuda dos vídeos você consegue manter a atenção e gerar engajamento. Vídeos gravadosTransmissão ao vivoVídeos 360 grausNão importa o formato que você escolher, o foco é ser interativo. Se bem preparados e produzidos você pode aumentar a taxa de cliques em 200 a 300% e aumentar a conversão em até 80%, segundo a Hubspot.

4 – Conteúdo em Áudio

O conteúdo em áudio irá crescer muito em 2020, isso porque as pessoas estão mais ocupadas e a cada dia tem menos tempo para ler artigos e livros. Mas pensa comigo, é muito mais fácil escutar um áudio enquanto dirige ou faz alguma atividade física, não é mesmo?

Mas você não pode abrir mão dos artigos em textos, pois são extremamente importantes para que seu site seja encontrado nos mecanismos de busca. O que você deve fazer é dar as duas opções para seus leitores/ouvintes. Tendo assim um alcance bem maior na distribuição do seu conteúdo.

5 – Investimento em Marketing Sensorial

Claro que existem diversos consumidores que preferem ir até a loja física para efetuar a compra. Isso pode acontecer por vários fatores, a urgência de ter o produto em mãos, por ter mais confiança em fazer pagamentos em lojas físicas, por gostar e ter relacionamento com o funcionários ou até mesmo por se sentir bem dentro da loja. Uma ótima alternativa para você entregar para seus clientes um ambiente muito mais agradável e usar a estratégia do Marketing Sensorial, que nada mais é que utilizar dos 5 sentidos, visão, olfato, paladar, audição e o tato a seu favor.

Tem lojas que utilizam o aroma para conectar o consumidor com a marca, outros investem em criar uma vitrine única e personalizada. Mas eu diria que a  maneira mais barata e assertiva de começar o Marketing Sensorial é cuidar da música da sua loja.

A razão é bem simples, a música tem um poder muito forte de criar vínculo emocional e memória afetiva, mas é claro que o jeito certo de fazer isso, não é só colocar uma música qualquer para tocar na loja, ou deixar seus funcionários brincando de Dj. O ideal é que você faça um estudo e crie sua programação pensando no gosto musical deles e de forma alguma no seu ou no de seus funcionários.

Por Luana Ferreira - Listenx





Receba novidades

Informe seu e-mail para receber novidades e ficar por dentro de tudo.